Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As câmeras fotográficas não são nada baratas; desde as digitais mais simples até as profissionais, esses equipamentos costumam ser frágeis (exigindo um manuseio cuidadoso), pouco resistentes a elementos naturais e com alta tendência a escapar das mãos com destino ao chão. Se você acabou de comprar uma câmera nova ou está tentando fazer a sua de longa data durar bastante, leia as dicas abaixo sobre armazenagem, uso, limpeza e proteção, que evitarão visitas à assistência técnica e farão a câmera não só funcionar por muito mais tempo, mas também funcionar com melhor qualidade ao longo dos anos.

 

1. Sabe o manual do produto? Adquira o costume de lê-lo, mesmo que rapidamente. A maioria das pessoas tem a prejudicial mania de achar que podem adivinhar como manusear, usar, guardar e limpar produtos eletrônicos, e isso é um péssimo hábito. É compreensível pular algumas partes do manual que fazem parte do senso comum, mas, tirando essas informações mais básicas, leia as frases que o fabricante formulou especialmente para aquele equipamento. É possível se surpreender e muito com as instruções e perceber que vem tratando suas câmeras de forma errada há bastante tempo.

 

2. Nenhum produto passará. Não evite passar qualquer produto na sua câmera, não passe mesmo! Qualquer contato com líquidos pode e vai danificá-la, mesmo que seja imperceptível na hora. O mesmo vale para o contato acidental com qualquer líquido: seque imediatamente o local com um pano completamente seco e, se caso o líquido tiver tido contato com qualquer entrada para cabos ou para cartões de memória, deixe a câmera inclinada de forma que o líquido possa escorrer da entrada, para que ela fique o mais seca possível.

 

3. Conheça seus inimigos. Os maiores inimigos do bom funcionamento de uma câmera fotográfica de qualquer tipo ou modelo são a umidade, a poeira, a possível proliferação de fungos, a luz solar muito intensa ou a exposição ao sol por longos períodos e a armazenagem inadequada. Anotou? Então prossiga a leitura para ver como colocar isso em prática.

 

4. Armazenando. Se por acaso pretender guardar a câmera por um período relativamente extenso, retire as pilhas ou baterias e coloque-as em um saco plástico. A câmera em si deve ser guardada em um recipiente plástico, para bloquear qualquer tipo de umidade e poeira, e o recipiente deve ser colocado em um local seco, fresco e ao abrigo da luz solar intensa.

 

5. Pano e pronto. Para limpar a sua câmera, seja ela profissional ou mais simples, use somente um pano seco e macio, de preferência uma flanela. Retire toda a poeira e, para limpar entradas ou vãos entre o corpo da câmera, use um pincel limpo e seco.

 

6. Evite deixá-la parada por muito tempo. Assim como qualquer máquina, a estagnação é potencialmente perigosa. Ao usar sua câmera, várias pequenas peças são lubrificadas e limpas no processo, o que a ajuda a prosseguir funcionando bem. Isso é especialmente verdade no caso das câmeras profissionais, que possuem diversos mecanismos e tecnologias que as fazem maiores; e quanto mais peças, mais defeitos podem ocorrer. Retire-a do armazenamento e faça algumas fotos, todas as semanas, para ajudar na manutenção do equipamento.

 

7. A alça de segurança é sua amiga. Sabe aquela pequena alça que costuma vir para ser colocada no canto de uma câmera e que muitos ignoram? Pois é, ela pode ajudar e muito. Ela evita quedas acidentais, que são extremamente prejudiciais às máquinas fotográficas. Adquira o hábito de sempre colocá-la no pulso antes de começar a usar a câmera, e perceba o que é gratidão quando a câmera escapar de suas mãos e a alça a salvar de fazer uma visita à assistência técnica.

 

8. Use somente a assistência técnica autorizada. Todo produto vem sempre com uma lista de assistências técnicas autorizadas junto com o manual ou em um panfleto separado. Use apenas os serviços dos estabelecimentos listados ali, mesmo depois que seu produto sair da garantia. Há um motivo para esses estabelecimentos, e não outros, serem considerados confiáveis pelo fabricante. Isso pode poupar muitos problemas e pode até ser a diferença entre ter ou não uma câmera funcionando.

 

9. Limpe as lentes das câmeras profissionais exatamente como instruído. As lentes das câmeras profissionais são extremamente sensíveis a danos que podem piorar, comprometer ou acabar com o bom funcionamento da lente. Tenha muito cuidado ao fazer a higienização, mesmo que já tenha feito o processo várias vezes antes. Os acidentes não escolhem nem novatos nem experientes e podem acontecer a qualquer momento.

 

10. Cuidado com o ambiente. É muito comum e compreensível usar câmeras fotográficas durante as férias em praias, complexos aquáticos, locais no interior ou nas montanhas. Mas é preciso que se faça uma breve avaliação do local: quais são os perigos que ele apresenta? Muito sol, água, rochas, lama, maresia? Leve uma capinha e um saco plástico para guardar a câmera quando não estiver a utilizando e tome cuidado com os perigos que perceber; sua câmera agradece.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:43



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2015

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D